Páginas

sábado, 7 de julho de 2012

Lições de Vida Com os Povos Sioux

 Desde o respeito à natureza até a maneira de tratar os demais. Temos muito o que aprender com os povos indígenas. Eles tinham valores que são essenciais na nossa vida diária, mas, infelizmente, banalizados pela atual sociedade.


COMO DEVE SER UM CHEFE

Comecemos com o conceito verdadeiro de um chefe. O que vem à sua mente quando ouve essa palavra? Uma pessoa que grita, fala de modo áspero e muitas vezes ofensivo? Uma pessoa que impõe suas vontades acima de todos? É provável que sim. Pois, na sociedade em que vivemos, é assim que se comportam os nossos patrões ou chefes. É assim que, normalmente, esperamos que sejam, e é assim que de fato a maioria é. Mas os povos Sioux, em particular, nos dão uma verdadeira lição de como deve ser um chefe.



 Os chefes Sioux amavam o seu povo e estavam dispostos a fazer tudo em benefício de toda a nação, e não em benefício próprio! Os chefes Sioux eram homens sábios, experientes, porém humildes. Eles nunca eram desrespeitosos, principalmente com mulheres e crianças. Não eram ofensivos ou rudes, mas demonstravam sempre que amavam o seu povo. Não é assim que um verdadeiro líder deve ser?



Chefe Sioux, Touro Sentado
(Sitting Bull)


RESPEITO À NATUREZA E AOS ANIMAIS

 Os Sioux respeitavam a natureza, pois reconheciam a sua importância na nossa vida. Eles amavam os animais e não praticavam nenhuma espécie de matança desgovernada. Eles caçavam apenas o essencial para a alimentação e aproveitavam o resto da caça para vestuário e fabricação de tendas e armas. Infelizmente não é isso o que vemos na sociedade atual.





 A ganância, ignorância e principalmente o desrespeito à natureza tem levado à extinção de milhões de espécies e à destruição de inúmeros habitats naturais. O desperdício e a desigualdade na destribuição de alimentos que a Terra produz também estão cada vez mais alarmantes.




 QUEM SÃO OS SELVAGENS?

 Observando todos os valores indígenas, podemos afirmar que a verdadeira "selvageria" está entre aqueles que se julgam "civilizados", aqueles que sem pensar duas vezes oprimiram os nativos e os tacharam de "selvagens".



 Realmente, temos muito o que aprender com cada valor, cada lenda, cada criança, cada guerreiro Sioux. Esses povos merecem ser lembrados por toda a eternidade.



 Que continuemos sempre absorvendo o melhor da cultura dos nossos irmãos indígenas ao redor do mundo. Que suas lições de vida sobrevivam de geração em geração.